Fechar
Play Video

Ricos ainda pagam pouco imposto no Brasil, avalia professor de Columbia

DEBATEDORES | Fernando Sotelino

“A carga tributária no Brasil é injusta. Realmente, os ricos pagam muito pouco imposto no Brasil”. A afirmação é de Fernando Sotelino, professor de Finanças Internacionais da Universidade de Columbia.

Ele é um dos entrevistados pelo jornalista Adalberto Piotto para uma série gravada nos Estados Unidos, no início do ano, que discute o ambiente político e econômico do País.

Sotelino acredita que não há soluções rápidas para o Brasil superar os entraves ao desenvolvimento, mas indica alguns pontos importantes nesse sentido. “O País deveria tentar migrar de um processo fiscal complicado, cheio de impostos indiretos, que aumentam o custo da produção, para impostos mais simplificados, quase na ponta do consumo”, sugere.

Sobre a questão previdenciária, ele acredita ser legítimo repensar a idade da aposentadoria, a pensão para a viúva e a aposentadoria integral. “Menos burocracia vai ajudar, assim como um sistema fiscal mais eficiente, eliminar a corrupção e gastos desnecessários, além de elevar o nível de educação para um debate político mais rico”, resume o professor de Columbia.

Mais Vistos