Fechar

Ana Luisa Albernaz

É bióloga, e pesquisadora à frente do Museu Paraense Emílio Goeldi de 2018 a 2022.

Tem mestrado e doutorado em Ecologia, pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), com período sanduíche na University of Canberra, na Austrália, durante a sua formação. Pós-doutorado na University of East Anglia, no Reino Unido.

Desde 2002, integra o grupo de pesquisadores da Coordenação de Ciências da Terra e Ecologia, do Museu Paraense Emílio Goeldi. Atua também como professora e orientadora na Pós-Graduação do Museu Goeldi, já tendo sido colaboradora em cursos conveniados com a Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

UM BRASIL

Ana Luisa falou sobre a importância da Região Norte no desenvolvimento da ciência e tecnologia do País. Alertou dos desafios enfrentados pelos profissionais – como pouco recurso financeiro, redução no quadro de pessoal e das dificuldades em reter formados capacitados.

Ela explicou ainda o papel do Museu Goeldi,  a mais antiga instituição pública da região amazônica e o segundo museu brasileiro mais antigo.

 

Imagem: Divulgação/Cezar Filipe Silva

Mais Vistos
OBRIGADO POR SE CADASTRAR NA NOSSA NEWSLETTER! AGORA VOCÊ IRÁ RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE QUESTÕES POLÍTICAS, ECONÔNICAS E SOCIAL DO BRASIL. CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER!