Fechar

Negócios

nov 28, 2019

Postura do Brasil prejudica fortalecimento do País no comércio internacional

DEBATEDORES |

Quando o assunto é comércio exterior, o Brasil é um dos países mais fechados do mundo – postura que prejudica o fortalecimento do País no mercado global. O resultado desse comportamento fica explícito quando cruzamos diferentes análises. Se para o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Brasil é a nona maior economia mundial, dados da Organização Mundial do Comércio (OMC) nos colocam no 27º lugar no ranking dos países exportadores.

Essa discrepância mostra como estamos aquém do que podemos ser frente à comunidade internacional. Isso porque enquanto as importações deixam de ser estimuladas (e até proibidas) com o objetivo de proteger determinados setores da concorrência mundial, as exportações, muitas vezes, não alcançam as mãos de consumidores estrangeiros por causa do Custo Brasil, que impede a prática de preços competitivos em comparação a mercados como o norte-americano e o europeu.

O protecionismo e os desafios internos – como melhoria na infraestrutura e aumento de competitividade – são temas constantes de entrevistas do UM BRASIL, publicadas também no livro #8.

Veja as entrevistas abaixo:

Política externa no Brasil muda conforme o grupo que está no poder, por Oliver Stuenkel

O protagonismo brasileiro na defesa da ordem internacional, por Guilherme Casarões

Brasil e Ásia: o caminho para uma integração inteligente, por Marcos Jank

O lugar do Brasil no comércio global, por Vera Thorstensen

Comércio exterior brasileiro precisa ocupar seu espaço, por Deborah Stern Vieitas