Fechar

Gastos Públicos

jul 17, 2018

Elevado gasto público brasileiro impacta crescimento econômico

DEBATEDORES |

Tema recorrente de entrevistas do UM BRASIL, o elevado gasto público do governo brasileiro impacta o crescimento econômico e afeta a vida da população. O resultado impede a retomada do crescimento sustentável, o que, para o diretor-executivo do Banco Mundial, Otaviano Canuto, voltaria a ocorrer se o excesso de gastos e o endividamento do País fossem corrigidos.

Canuto enfatiza que os governos têm se mostrado incapazes de conter os gastos públicos por razões como inclusão social e manutenção de privilégios para grupos poderosos. Diante disso, o estabelecimento de um limite de crescimento para as despesas da União funciona como uma “camisa de força” para impedir um rombo fiscal ainda maior.

“Essa volúpia fiscal, que está levando o País a essa situação que gosto de chamar de ‘obesidade fiscal’, não seria tão grave se o Brasil estivesse aumentando a sua produtividade a um ritmo maior do que vem sendo o caso nas últimas décadas”, afirma Canuto.

Na visão do professor de Relações Internacionais da Universidade Harvard, Hussein Kalout, na medida em que houver cobrança de qualidade, organizada, sistêmica, não pontual, sobre serviços de saúde, educação e infraestrutura, a classe política estará menos acomodada e terá que mostrar serviço.

“Veja quantos partidos há na base governista hoje. E não vamos acreditar que outro partido vá cortar os ministérios, porque isso não é real. Para cortar, você tem que limitar sua base de coalizão, o que significa deixar gente de fora e criar uma oposição a você. Ninguém quer isso.”

“O Brasil é um país jovem, com enorme potencial, que está aprendendo a lidar com suas dimensões e riquezas. É preciso haver a crença em seu desenvolvimento […] E isso será mais eficiente e produtivo se houver um planejamento estratégico a longo prazo”, afirma.