Rede Liberdade

A Rede Liberdade é uma plataforma de pensamento horizontal, descentralizada, apartidária e transparente que congrega grupos de ativismo liberal/libertário. A Rede Liberdade tem como missão melhorar a coordenação entre os institutos, iniciativas organizadas e estabelecidas, bem como grupos de estudo, de caráter liberal ou libertário, de forma descentralizada, com objetivo de potencializar a divulgação e o impacto efetivo, entre os formadores de opinião, de ideias e iniciativas que visem uma menor intervenção estatal na economia e na sociedade.

O UM BRASIL é parceiro da Rede, que conta também com membros como o Instituto Millenium, o IFL (Institiuto de Formação de Líderes), a Fundação Friedrich Naumann, o Instituto Mises Brasil e o Instituto de Estudos Empresariais. São mais de 20 instituições espalhadas por todas as regiões brasileiras. Em 2016, a Rede Liberdade elegeu como tema bienal as Privatizações no Brasil, assunto bastante discutido pelo UM BRASIL.


"Se deixarmos a política com os piores, nunca haverá melhora no nível ético de um país"

MARIO VARGAS LLOSA DEBATE LIBERDADE E DEMOCRACIA

O jornalista e escritor peruano Mario Vargas Llosa comenta as mudanças na política atual e fala sobre o seu novo livro, Cinco Esquinas. O prêmio Nobel de literatura analisa ainda a importância da liberdade na construção de novos caminhos para a democracia.

HÉLIO BELTRÃO

HÉLIO BELTRÃO DISCUTE O TAMANHO DO ESTADO BRASILEIRO E SUA EFICIÊNCIA

O presidente do Instituto Mises Brasil, Hélio Beltrão Filho, explica porque o excesso de intervenção do Estado na economia é prejudicial ao Brasil. Tema que vem sendo bastante discutido nesta série de entrevistas do canal da FecomercioSP, conduzida pelo jornalista Adalberto Piotto.

Para o financista, o país está maduro o suficiente para iniciar esse importante debate e que para mudar a lógica do poder, a transformação deve partir da sociedade.