InfoMoney

O site InfoMoney, que traz conteúdos relevantes para o público do mercado financeiro, é parceiro do UM BRASIL. Semanalmente, sempre as quartas-feiras, às 14h, é publicado um vídeo do UM BRASIL na InfoMoney TV, com reprise nas sextas, também às 14h.

Para acompanhar o resultado desta parceria, acesse o site do InfoMoney.


"Temos que aprender a lição e fazer mudanças institucionais"

Rubens Barbosa

OCDE pode adequar Brasil ao mercado global, por Rubens Barbosa

Embaixador do Brasil em Washington entre 1999 e 2004, Rubens Barbosa é presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior da FIESP, membro do Grupo de Análise da Conjuntura Internacional (Gacint – USP), editor responsável da revista Interesse Nacional, além de fundador e diretor presidente do IRICE - Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior. Nesta entrevista, ele analisa as perspectivas de o Brasil entrar na OCDE, organização internacional de cooperação econômica e desenvolvimento que reúne 35 das principais democracias do mundo.

Barbosa fala também sobre as mudanças de rumo da política externa brasileira, as incertezas do atual cenário político e econômico, e os riscos do governo Trump.

“A cada ano, o custo de não fazer reformas fica maior”

Ana Carla Abrão

Brasil precisa de estados menores e fiscalmente responsáveis, por Ana Carla Abrão

Economista e atual presidente do Conselho de Gestão Fiscal da cidade de São Paulo, Ana Carla Abrão fala sobre sua experiência à frente da Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás entre 2014 e 2016 – período em que promoveu ajuste fiscal e reformas estruturais que evitaram que o estado se tornasse “um Rio de Janeiro”.

A economista defende que os estados brasileiros sejam menores, mais transparentes e fiscalmente responsáveis. Ela aborda ainda as reformas econômicas no âmbito federal, perspectivas para eleições de 2018 e atuação das mulheres no mundo corporativo.

"Temos que aprender a lição e fazer mudanças institucionais"

Fernando Schüler

O outsider como nova liderança política, por Fernando Schuler

Fernando Schüler, cientista político e curador do projeto Fronteiras do Pensamento, fala sobre o papel dos novos atores na política tradicional e discute o lugar das antigas lideranças no cenário atual. Schüler comenta ainda a figura do político outsider, o efeito João Doria e acende o debate sobre o que o eleitor pode esperar para a política em 2018.

Wilson Poit

Wilson Poit fala sobre os planos de privatizações e concessões em São Paulo

Wilson Poit, secretário de Desestatização e Parcerias da prefeitura de São Paulo, comenta o plano de privatizações e concessões da atual gestão.

No debate, Poit explica a diferença entre concessão, privatização e parcerias público-privadas e defende que a estratégia é uma alternativa para melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, reduzindo os gastos da máquina estatal em tempos de falta de recursos públicos para realização de investimentos.

“Precisamos de um governo que dialogue e coloque critérios para o setor privado”

Sérgio Lazzarini

Sérgio Lazzarini fala sobre capitalismo de laços e os novos rumos da Lava Jato

Nesta entrevista, o professor do Insper e autor dos livros “Capitalismo de Laços” e “Reinventando o Capitalismo de Estado”, Sérgio Lazzarini, fala sobre a necessidade de mudanças no sistema de indicações políticas, a importância das reformas fiscais e o futuro da economia do País. Lazzarini comenta também a prisão de Eike Batista e como os últimos passos da Lava Jato indicam um novo rumo na direção do combate à corrupção.

Desglobalização e o novo desenho do mundo, por Marcos Troyjo 

O diplomata, cientista social e diretor do BRICLab da Univesidade Columbia, Marcos Troyjo, fala sobre os processos que evidenciam uma globalização em crise. Defende que a lógica do cada um por si, dentre outros vetores desglobalizantes, têm afetado as relações entre países e vem redesenhando o mundo que conhecíamos.

“Globalização em crise tem dado espaço ao individualismo nacional”

Marcos Troyjo

“A Pec 241 estabelece um piso, não um teto para os gastos. Caberá a nós, como sociedade, decidir o quanto a mais nós queremos gastar com saúde e educação”

Mansueto Almeida

Mansueto Almeida comenta os efeitos da PEC do Novo Regime Fiscal

O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, fala sobre a PEC 241. Batizada de Novo Regime Fiscal, a proposta estabelece um teto para os gastos públicos para os próximos 20 anos.