Acredito

O Acredito é um movimento de renovação política nacional e suprapartidário, com a visão de promover, em dez anos, ampla renovação de pessoas, ideias e práticas no Congresso Nacional. O movimento deu seu pontapé inicial com a “Carta a uma geração”, publicada em matéria na Folha de S.Paulo.

Em seguida, foi citado em uma série de artigos e reportagens, incluindo na revista Problemas Brasileiros, em parceria com o UM BRASIL.

Foi lançado oficialmente no dia 29 de julho de 2017 em capitais das cinco regiões do País: Recife, Goiânia, Rio Branco, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. Em meio à descrença generalizada em relação ao mundo político, o Acredito está mobilizando jovens por todo o território nacional interessados em se envolver na política. Conectando iniciativas locais numa ampla rede nacional, os eventos de lançamento tiveram presença de líderes da sociedade civil, e, juntos, os participantes debateram visões para o futuro do Acredito e do Brasil.

Materiais produzidos na parceria UM BRASIL e ACREDITO podem ser encontrados a seguir, exemplo do papo que aconteceu no Brazil Conference 2017, evento organizado por alunos de Harvard e do MIT que contou com a presença de participantes do movimento.


“Meritocracia existe quando oportunidades são iguais”

IGUALDADE DE OPORTUNIDADES COMEÇA NA ESCOLA

Em parceria com o Colégio Bandeirantes, o UM BRASIL reúne três jovens líderes e empreendedores sociais: a fundadora do Mapa Educação e do Movimento Acredito, Tábata Amaral de Pontes; o fundador e presidente do Instituto Brasil 21, Pedro Henrique de Cristo; e o economista e consultor de educação Daniel José de Oliveira. No debate mediado pela jornalista Maria Cristina Poli, eles falam de suas trajetórias, analisam o cenário político e discutem soluções para que o Brasil se torne um país de oportunidades iguais para todos, a começar pelas escolas.

"Quem tem que dar o exemplo é o setor público”

Fernando Haddad

OS DESAFIOS DA VIDA POLÍTICA, POR FERNANDO HADDAD

No Mês do Impacto Social, Humberto Dantas e os representantes do Lemann Fellowship, José Frederico Lyra Netto e Tábata Amaral, conversam com o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sobre as dificuldades de se trazer gente do setor privado para a administração pública, a importância da apropriação do espaço público e o futuro da esquerda no cenário político. 

Na discussão, o prefeito responde perguntas sobre a reestruturação das finanças públicas, as dificuldades na construção de novas moradias e as críticas aos investimentos na periferia. O Mês do Impacto Social é uma campanha da Fundação Lemann, em parceria com o Um Brasil, para debater educação, saúde, segurança e outros temas de política pública.

PREVIDÊNCIA EM DEBATE, COM DENISE GENTIL E SAMUEL PESSÔA

Em parceria com a Fundação Lemann, o UM BRASIL traz dois economistas de escolas de pensamento divergentes para discutir a reforma da Previdência: a professora de Macroeconomia e Economia do Setor Público da UFRJ, Denise Lobato Gentil, e o chefe do Centro de Crescimento Econômico do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE/FGV), Samuel Pessôa. No debate mediado pela jornalista Mara Luquet, os especialistas defendem visões conflitantes sobre o regime de aposentadorias e o que é necessário para o País crescer.

Este debate faz parte da série Conversas que Transformam, realizada pela Fundação Lemann. Ao final, confira também a exposição de cada um dos especialista sobre a reforma da Previdência

"É possível crescer sem reformar a Previdência"