Entrevistas



"Brasil não gasta pouco em educação, gasta mal"

Claudio Haddad

Solução para ensino está em liderança e gestão, por Claudio Haddad

Engenheiro com doutorado em economia pela Universidade de Chicago, Claudio Haddad é fundador do Insper, escola de ensino superior que segue o modelo de universidades americanas como Harvard. Em entrevista ao UM BRASIL, o empresário aponta o que considera as principais deficiências do ensino público brasileiro: má gestão, falta de liderança, ausência de concorrência, engessamento e corporativismo.

Na contramão do senso comum, Haddad argumenta que “o Brasil não gasta pouco em educação”, mas “gasta mal”. O empresário fala ainda sobre o modelo institucional do Insper, o ENADE, a base curricular comum e os rumos da economia brasileira.

A entrevista faz parte da série “Diálogos que Conectam”, realizada pelo UM BRASIL em parceria com a Brazil Conference - evento realizado anualmente por alunos brasileiros da Harvard University e do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Neste ano, a missão da Conferência foi proporcionar o diálogo entre as mais diversas lideranças brasileiras a fim de criar debates produtivos na busca de consensos sobre o futuro do nosso País.

“O foro privilegiado é um desserviço à sociedade”

Marina Silva

Marina Silva discute a partidarização da política no Brasil

A ex-ministra do Meio Ambiente e fundadora da Rede Sustentabilidade fala sobre os desafios históricos do processo eleitoral no País e discute as consequências da corrupção para a democracia brasileira. Marina Silva comenta ainda a importância de se institucionalizar as conquistas da Lava Jato e discute a sua posição em relação aos julgamentos de políticos no STF. Segundo ela, "o foro privilegiado é um desserviço à sociedade brasileira”.

A entrevista faz parte da série “Diálogos que Conectam”, realizada pelo UM BRASIL em parceria com a Brazil Conference – evento realizado anualmente por alunos brasileiros da Harvard University e do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Neste ano, a missão da Conferência foi proporcionar o diálogo entre as mais diversas lideranças brasileiras a fim de criar debates produtivos na busca de consensos sobre o futuro do nosso País.

Fundador da Wise Up defende cultura empreendedora no Brasil

Fundador da rede de escolas de idioma Wise Up, o empresário Flávio Augusto da Silva fala ao UM Brasil sobre desafios para o empreendedorismo no País. Segundo avalia, o mercado brasileiro tem forte potencial para negócios, o que é limitado pela cultura da dependência do Estado. Flávio afirma que muitos direitos trabalhistas são ilusórios – inclusive a estabilidade do emprego público. Ele lamenta que brasileiros queiram trocar “sonhos e projetos pela garantia de não ser mandado embora”.

O empreendedor fala ainda sobre as decisões de recomprar a Wise Up e investir no futebol dos Estados Unidos.

A entrevista faz parte da série “Diálogos que Conectam”, realizada pelo UM BRASIL em parceria com a Brazil Conference – evento realizado anualmente por alunos brasileiros da Harvard University e do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Neste ano, a missão da Conferência foi proporcionar o diálogo entre as mais diversas lideranças brasileiras a fim de criar debates produtivos na busca de consensos sobre o futuro do nosso País.

“Vale a pena empreender no Brasil”

Flávio Augusto da Silva

"Segurança pública não se resume à polícia"

José Beltrame

As origens da violência no Rio de Janeiro e no Brasil, por José Beltrame

Delegado aposentado da Polícia Federal, José Mariano Beltrame foi o mais longevo secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, cargo que ocupou entre 2006 e 2016. Em entrevista ao UM BRASIL, Beltrame fala sobre grandes desafios da segurança pública no País, como desconfiança entre cidadãos e policiais, crime organizado, tráfico de drogas, armas, controle de fronteiras e precariedade de serviços públicos.

Criador das UPPs, o ex-secretário afirma que “segurança pública não é igual a polícia” e ressalta a importância de investimentos em saúde, educação e infraestrutura urbana para reduzir criminalidade.

A entrevista faz parte da série “Diálogos que Conectam”, realizada pelo UM BRASIL em parceria com a Brazil Conference – evento realizado anualmente por alunos brasileiros da Harvard University e do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Neste ano, a missão da Conferência foi proporcionar o diálogo entre as mais diversas lideranças do País a fim de criar debates produtivos na busca de consensos sobre o futuro do nosso país.