Entrevistas



"Brasil tem mania da reforma revolucionária"

Rubens Figueiredo

A força de um governo impopular, por Rubens Figueiredo

Cientista político e consultor de marketing para campanhas eleitorais, Rubens Figueiredo conversa com o UM BRASIL sobre o momento de extrema impopularidade da política, e as dificuldades do atual governo de se comunicar com a população e atrair apoio para as reformas. Ele fala ainda sobre a continuidade da Lava Jato, o financiamento de campanha, o sistema eleitoral e o tamanho do Estado.

“Vivemos uma transição profunda, radical e absoluta”

Sérgio Abranches

Sociedade e política na era do imprevisto, por Sérgio Abranches

Sociólogo, cientista político e ambientalista, Sérgio Abranches fala ao UM BRASIL sobre “a era do imprevisto”, tema de seu novo livro que analisa o atual período de transição gerado pela globalização e digitalização das sociedades. Criador do termo “presidencialismo de coalizão”, Abranches discute ainda as transformações políticas, econômicas e sociais que o Brasil atravessa e os desafios da mudança climática.

Inclusão começa na educação básica, por Eduardo Mufarej

CEO da Somos Educação – maior empresa de educação básica do país – Eduardo Mufarej fala ao UM BRASIL sobre os desafios de se construir um sistema de ensino inclusivo, de qualidade e moderno. Em conversa com Erica Fraga, o empresário aborda as deficiências na formação dos professores e no modelo educativo, as reformas da base curricular e do ensino médio, o papel da tecnologia no aprendizado, novas habilidades necessárias aos alunos e as dificuldades decorrentes da atual crise.

Para Mufarej, não adianta dar bolsas de ensino superior a alunos que deixam as escolas sem formação adequada: investimentos devem priorizar o ensino básico.

“Acesso à educação cresceu, mas prestamos pouca atenção à qualidade”

Eduardo Mufarej

"Média brasileira ainda gosta de Estado forte"

Ary Mattos Filho

Brasil de privilégios e desequilíbrios, por Ary Mattos Filho

Primeiro Diretor da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-SP) e fundador da prestigiosa banca de advogados que leva seu nome, o tributarista Ary Oswaldo Mattos Filho é um dos mais respeitados juristas do País. Em entrevista ao UM BRASIL, ele discute o tamanho do estado brasileiro, os privilégios do serviço público, as deficiências do sistema tributário e o desafio de aprovar reformas em um Congresso controlado por diversos grupos de pressão.

Defensor de uma reformulação tributária, Mattos Filho avalia que impostos no Brasil são exagerados e mal alocados.